Cachorro Shar Pei – Personalidade, Temperamento, Cuidados da Raça!

De origem misteriosa e desconhecida, o Shar Pei é um cão típico da China. Seus registros vêm de um tempo antes de Cristo e sua raça é muito popular entre os cidadãos do País. Animal típico e símbolo nacional da China, é um cão bonito, elegante, mas de temperamento um pouco diferente da maioria das espécies de cachorro.

Entenda mais sobre o Shar Pei e conheça seus gostos e costumes antes de se deixar conquistar por esta raça exótica e apaixonante. É sempre bom saber que este cão precisa de cuidados especiais, espaço, atenção constante e vigilância extra quando o assunto for alimentação. A pureza de raça do Shar Pei impede que ele se alimente de qualquer comida ou ração. Como cão de eventos e exposições. No entanto, é sempre atração.

dois cachorros da raça Shar Pei brincando

História e origem

A história do Shar Pei volta no tempo em aproximadamente 200 anos antes de Cristo. Documentos da dinastia Han descrevem esta raça canina e dão conta do motivo de seu nome. Shar Pei em chinês tem uma tradução aproximada de “pele de areia”. Isso porque sua pele é dura e resistente. É áspera e pode inclusive arranhar pessoas com pele mais sensível quando o movimento de carinho alisa a pele do cachorro para trás.


A espécie tem origem em regiões montanhosas da China e seu pelo é muito resistente ao frio e à neve. Essa resistência toda a adversidades faz dele um animal perfeito para condições extremas de temperatura. É fiel companheiro dos habitantes das montanhas. Documentos encontrados no século 13 voltam a descrever o Shar Pei e seus hábitos, sem no entanto, explicar sua origem.

Muito popular na China, sua aparência durante muitos anos fez com que fosse considerado um animal selvagem e temido, ou um mero vira-latas ladrão de comida. Porém, características de pele e pelagem, bem como a língua azul atestam sua pureza de raça. Vale destacar que apenas o Chow Chow e o Shar Pei têm a língua azul. As semelhanças entre as duas espécies não vão muito além disso.

um cachorro da raça Shar Pei

A maior parte da história do Shar Pei é desconhecida. Sabe-se que é usada por fazendeiros nas montanhas chinesas para pastorear o gado. Auxilia como cão de caça e quando encontrado na natureza, está em pequenos bandos. Porém, após a revolução comunista no começo do século 20, estima-se que a população desta raça tenha sido drasticamente reduzida na China. Os motivos seriam tanto pela caça predatória, uma vez que a China sofreu com problemas de falta de alimentos, quanto pelo extermínio dos animais, que roubavam comida nas pequenas cidades.

Características do Shar Pei

As principais características do Shar Pei são facilmente identificáveis por sua aparência única. A pele enrugada e a face achatada são suas principais formas de identificação. Cachorro de pelo curto e rabo pequeno, sua cor é, em geral, marrom, com tom levemente avermelhado. Mas não é incomum encontrar representantes da raça na cor cinza.

A forma enrugada, característica do Shar Pei é muito mais pronunciada em filhotes. Na fase adulta, as dobras e rugas são mais comuns próximas à cabeça do animal.

O Shar Pei é um animal quieto e territorialista. Costuma ser pouco agressivo, mas é teimoso e necessita atenção. Brincadeiras e longos passeios são essenciais para sua saúde. Sua estatura é mediana. O macho é apenas alguns centímetros mais alto que a fêmea e sua expectativa de vida é média, sendo de até 11 anos,

Tipos

Além das diferenças na cor do pelo, a raça tem pouca variedade. Todos os indivíduos apresentam a língua azul. E também dobras, rugas, pelagem curta que fica mais espessa no inverno ou em regiões de frio extremo. Seu pedigree é mais difícil de determinar, uma vez que sua origem é pouco conhecida. Os atuais criadores costumam ter a linhagem de cada filhote atestando sua pureza. Mas características semelhantes às do Shar Pei podem ser encontradas em outras espécies de cães:

  • Boston Terrier
  • Buldogue Inglês
  • Buldogue Francês
  • Chow-Chow

No final dos anos 1960, o Shar Pei foi legitimado por clubes de criadores cães como raça pura. Seu valor de mercado foi reconhecido e começaram as primeiras criações para fins comerciais.  Nos anos 1970, a raça começou a ser comercializada para a América. Suas vendas usavam o argumento de valor e escassez, uma vez que foi comercializado como o cão mais raro do mundo. O que está muito próximo da realidade.

Graças a esta procura motivada pelo valor de mercado, a raça Shar Pei escapou da quase extinção na China se tornar uma das raças mais conhecidas das Américas, especialmente em regiões mais frias dos Estados Unidos e Canadá.

Cores e pelagem

dois cães brincando

De cores marrom clara e cinza, o Shar Pei necessita de cuidados constantes para se manter saudável. Sua pelagem resistente ao frio é uma desvantagem em tempos de calor. Motivo que o faz querer se refrescar constantemente. É dócil ao banho, mas em dias quentes. Sendo inquieto em dias mais frios, caso os donos tentem dar banhos frequentes.

Seu pelo, apesar de curto, necessita de escovação regular, ao menos uma vez por semana. E suas dobras podem conter sujeira e ocasionalmente causar infecções. Produtos de limpeza próprios para a raça e talcos higiênicos são eficientes para que manter o animal limpo e saudável. Estes cuidados são ideais em regiões ou épocas mais frias.

Personalidade e temperamento do Shar Pei

Animal quieto, sua principal característica é a personalidade confiante. O Shar Pei é um excelente cão de guarda, mas é pouco amistoso com outros animais, preferindo o isolamento. Também é pouco dado com estranhos e não é muito ligado aos donos. É pouco expressivo, sério, independente e divide seu tempo entre o quintal e a casa. Outra característica da raça é que se trata de um cão muito desconfiado, sendo difícil ganhar sua amizade e confiança. Também é um animal pouco dado a aceitar treinamentos e comandos. É mais difícil adestrar um Shar Pei.

Seu temperamento representa pouco risco, especialmente a crianças. Apesar de ser usado para caçar animais de grande porte, não é agressivo a ponto de oferecer perigo aos donos ou visitantes da casa.

5 cães da raça Shar Pei

Cuidados a se tomar com o Shar Pei

Escovação regular, brincadeiras, cuidados com infecções na pele e atenção na idade avançada. Um caso comum de problemas de pele é a sarna demodécica.

O Shar Pei é uma raça pura e sua alimentação é especial. As doenças mais comuns são febres de origens desconhecidas, que causam inchaços na parte da perna posterior ao joelho. Em idades mais avançadas, costuma sofrer de displasia de quadril ou de cotovelo, luxações da patela e exige exames de quadril, joelhos, cotovelos e olhos.

Preço do Shar Pei

Os preços do Shar Pei no Brasil variam de acordo com a comprovação da linhagem e a pureza de seus ancestrais, como pais e avós. Um criador atento vai levar em consideração o histórico de saúde da linhagem para determinar se o cão que está sendo negociado terá vida longa e não sairá caro para um proprietário. Os valores também são maiores para cães em idade reprodutiva, jovens, até no máximo dois anos. Filhotes são caros e os mais procurados.

Os preços de negociação de um Shar Pei variam entre R$ 2.000,00 a até R$ 6.000,00.