Carrapato – O Que é? Quais os Seus Riscos? Tipos e Remédio Caseiro!

Mesmo com o cuidado diário com os nossos animais de estimação, algumas situações são inevitáveis. Encontrados até mesmo pelo chão, os carrapatos são fontes de doenças e desconforto para os animais. Por isso é necessário manter a atenção e o cuidado constantes. Saiba a melhor forma de evitar e tratar a presença desses parasitas na sua casa.

O que é o Carrapato?

O Carrapato é um artrópode da ordem dos ácaros. Eles são ectoparasitas, ou seja, parasitas que vivem fora do corpo do hospedeiro. Também são classificados como hematófagos, grupo de animais ou parasitas que se alimentam de sangue. Os carrapatos existem há milhões de anos e são responsáveis pela transmissão de inúmeras doenças.

Esses parasitas podem ser encontrados tanto em ambientes rurais quanto urbanos. Eles vivem próximos a concentrações de animais e pessoas, já que necessitam de sangue para sobreviver. Os carrapatos aparecem em abundância principalmente no chão, capim, entre madeiras e outros locais úmidos. Eles ficaram conhecidos pelo grande público devido à sua proliferação entre os animais.

Tipos de Carrapato

carrapato estrela


Os carrapatos são divididos em três tipos. O Rhipicephalus sanguineus, também conhecido como carrapato-marrom, é o mais comum. Esse grupo se adapta facilmente ao clima e ambiente urbanos. Eles são encontrados principalmente em cães e gatos. Ele se distribui principalmente pelo hemisfério sul, podendo ser encontrado também em coelhos, cavalos e humanos.

O tipo Dermacentor variabilis é bastante comum nas Américas, principalmente em áreas praianas. O seu principalmente hospedeiro é o cão. Entretanto, ele também pode ser encontrado em grandes mamíferos e até mesmo em humanos.

O terceiro tipo é o Amblyoma cajannense, conhecido como carrapato estrela. Ele se diferencia dos outros dois devido a sua aparência mais chamativa. De maior porte, apresentam patas coloridas. Ele é considerado o tipo mais perigoso devido a sua picada dolorosa e a possibilidade de transmissão da febre maculosa.

Causas

Não existem causas para a aparição do carrapato. Ele é um parasita que vive em ambientes com a presença humana e animal. Portanto, a presença do carrapato em áreas próximas é inevitável.

Entretanto, a criação de ambientes mais agradáveis para o parasita pode aumentar as chances de contágio. Por isso, é importante evitar grama alta, acúmulo de madeiras e sempre manter o jardim limpo.

Sintomas do Carrapato no cão

Dependendo do cão, a percepção da presença do carrapato pode ser mais fácil. Em cães com o pelo mais curto ou claro, o parasita se destaca em contraste com a pele. Já em animais com o pelo longo ou escuro, ele pode passar despercebido.

A melhor medida é manter a atenção sobre o pelo do cão. A escovação rotineira e um cuidado maior durante o banho facilitam o trabalho. Em contato com o cão, o carrapato suga o sangue constantemente, criando ferida e vermelhidão. Com esse cenário, o animal também pode se mostrar visivelmente incomodado.

Em casos mais graves, os carrapatos podem causar efeitos tóxicos. Isso ocorre devido a presença de neurotoxinas na saliva do parasita. Ainda, com o passar do tempo, o carrapato pode consumir uma grande quantidade de sangue. Esse descuido pode levar à anemia e a um estado de fraqueza do cão.

Como tratar

A melhor forma de tratamento é através do aconselhamento de um profissional veterinário. Entretanto, a remoção dos carrapatos já existentes podem ser realizadas com uma pinça. A remoção deve ser feita de forma cuidadosa. Logo após, é aconselhável lavar o local da picada do carrapato com sabão antisséptico ou água oxigenada.

Contudo, se o seu animal de estimação apresentar carrapatos constantemente, outras medidas devem ser tomadas. O próprio médico veterinário poderá recomendar um remédio adequado ou tratamento adequado para a eliminação dos parasitas.

Remédio caseiro para carrapato

Ao longo dos anos, diversos repelentes naturais dos parasitas foram descobertos. Apesar da recomendação para o acompanhamento veterinários, algumas dessas receitas caseiras podem ajudá-lo na diminuição do problema. Entre eles, se destacam: vinagre de maçã, bicarbonato de sódio, óleo de eucalipto, cravo, alho, entre outros.

carrapato de perto

Como evitar o Carrapato

Como foi explicado anteriormente, a existência do carrapato no meio urbano é inevitável. Entretanto, buscando a saúde dos seus animais de estimação, algumas atitudes podem manter os parasitas mais afastados da sua casa.

Lembre-se sempre de manter a grama do seu jardim curta, limpa e sem acúmulo de materiais. Os carrapatos se encontram principalmente em locais com muita madeira. Dentro disso, aproveite para manter o ambiente em que seu cão vive sempre limpo e com desinfecções periódicas.

Tratando diretamente do seu cão, não esqueça de verificar com frequência o pelo do animal. Ainda, para maior confiabilidade, utilize produtos carrapaticidas durante o banho do seu cão. Os melhores produtos para a saúde do animal podem ser indicados pelo veterinário. Peça também para o médico a indicação de anti-carrapatos para uma aplicação mensal.

Finalizando, esteja atento para os locais que seu cão frequenta. Os carrapatos são transmitidos entre os cães. Portanto, contato com locais ou animais infectados podem trazer os carrapatos para dentro da sua casa.