Cachorros Para Apartamento – As 23 Melhores Raças Que Latem Pouco!

Muitas pessoas, mesmo morando em apartamentos, não abrem mão de ter um companheiro fiel e carinhoso por perto. Porém, saiba que existem raças mais adequadas de cachorros para apartamento.

É importante escolher um tipo de cão que mais se adapta a esses ambientes, tanto para o seu conforto como para o bem-estar do animalzinho.


O que você deve saber antes de ter um cachorro em seu apartamento

Se você está pensando em adquirir um cachorro em seu apartamento, sabia que existem dicas e regras para que o ambiente se mantenha organizado. Além de proporcionar um local confortável para o cão. Cachorros de grande porte, por exemplo, estão descartados.

Para você que está querendo ter um cão no apartamento, confira as dicas para facilitar a sua vida e do seu animalzinho:

  • Um cachorro de apartamento necessita contar com um ambiente onde ele possa se exercitar e brincar. Portanto, providencie brinquedos, mordedores, ossos e outros itens que entretenham o bichinho. Crie um ambiente interessante e criativo para o cão, para que ele não se sinta desestimulado em viver em um apartamento,
  • Antes de adquirir o seu filhote, prepare o ambiente para receber o novo morador querido. Providencie caminha, casinha, tapetes higiênicos onde ele fará as suas necessidades, entre outros itens.
  • Por falar em tapetes higiênicos e necessidades, escolha um local reservado para o cãozinho fazer coco e xixi. Nunca coloque comida ou água perto desses locais, além do animal não apreciar essa proximidade, fezes e urina podem contaminar líquidos e alimentos.

um cão nas escadarias de um apartamento

O que mais você deve saber antes de ter um cachorro em seu apartamento

  • Já a casinha e a cama do cão devem ser alocadas em espaços mais arejados do apartamento, como perto de varandas ou janelas. Assim, ele poderá ter um descanso mais confortável e até tomar banhos de sol durante o dia.
  • Passeios diários são fundamentais para os cachorros. Se você não tem está disponibilidade, melhor deixar para ter um pet em outra oportunidade. Recomenda-se passear com o animal de 2 a 3 vezes por dia, para que ele tenha contato com a rua, outras pessoas, ar puro e outros animais.
  • Por fim, o porte do animal é importante. Espaços menores pedem raças pequenas, já apartamentos grandes podem acomodar cães de tamanho médio. O importante é que o animalzinho tenha espaço suficiente para se movimentar e viver com conforto no apartamento.

Os melhores cachorros para Apartamento

Apartamentos costumam ter ambientes fechados e limitados. Por isso, é de extrema importância optar por raças que se dão bem nesses locais. A seguir, você confere os melhores cachorros para apartamento:

  • Shih tzu: cão de pequenos porte, que costuma se adaptar bem em espaços menores, como apartamentos. Tem temperamento dócil e aprende fácil onde fazer as suas necessidades. Porém, também gostam de passear com o dono, leve o seu Shih tzu pelo menos 2 vezes para dar umas voltinhas pela rua.
  • Pug: essa raça é uma das melhores para quem deseja ter um cão companheiro no apartamento. Com porte pequeno, vive bem em apartamento. São fieis e silenciosos – o que é ótimo para mantê-los em apartamentos. Não necessitam de muito exercício, sendo que passear com ele de 1 a 2 vezes por dia é suficiente para exercitá-lo.
  • Yorkshire: pequenina raça, elegante e glamourosa. Vive bem em apartamentos, devido seu tamanho pequeno. O único problema é que costumam latir bastante, mas isso não costuma causar problemas com a vizinhança. São apegados e ciumentos com os donos, sendo uma ótima opção de raça para quem mora só. É um cão esperto, que aprende facilmente as regras da casa.Também gosta de passear com o dono. Leve-o à rua de 2 a 3 vezes por dia, se possível.

o Pug é um dos ótimos cachorros para apartamento

Os melhores cachorros para Apartamento – Parte 2

  • Poodle Mini, Poodle Micro ou Poodle Toy: cães tradicionais para serem criados em apartamentos de tamanhos médios e grandes. Super inteligentes, aprenderam logo as regras da casa. São ciumentos com os donos, sendo muito apegados e carinhosos. Gostam bastante de passear, portante, dê voltas pelo bairro com o seu cãozinho até 3 vezes por ou mais, se puder.
  • Lhasa Apso: raça de pequeno porte e independente, que vive muito bem em apartamentos. Não se dão muito bem com a presença de estranhos, mas são extremamente companheiros e dóceis com os donos, incluindo crianças – pois são pacientes. Tem tendência ao sedentarismo e ganho de peso, o que pode provocar problemas na sua coluna. Portanto, não deixe o animal se acomodar e leve-o para passear por 2 vezes ao dia pelo menos.
  • Dachshund: o famoso “salsicha” vive bem em apartamentos devido ao seu temperamento dócil e tamanho pequeno. O único inconveniente é que eles gostam de roer tudo o que vêem pela frente. Assim, providencie um verdadeiro arsenal de brinquedos e objetos para ele morder e se entreter – evitando que destrua objetos da casa. Também gostam de passear – levo-o para rua 2 vezes por dia.

Os cachorros mais baratos para apartamento

As raças de cachorro, que atualmente, oferecem os melhores preços de venda são:

  • Poodle mini
  • Poodle micro
  • Poodle Toy
  • Lhasa Apso
  • Dachshund

Em alguns canis, pets ou criadouros é possível encontrar filhotes com pedigree dessas raças a partir de R$ 800 a R$ 1000,00. Os preços, porém, podem variar de acordo com a região do país – ainda assim, são, atualmente, os filhotes mais em conta para apartamentos.

Cachorros com latem pouco

Outro detalhe a se observar antes de escolher uma raça para se criar em apartamento é se o cão late muito. Isso porque cães que tem o costume de latir muito podem atrapalhar o sossego da vizinhança, te trazendo dor de cabeça e problemas.

Raças de Porte Pequeno que latem pouco:

  • Greyhound
  • Cavalier King Charles Spaniel
  • Bulldog Francês
  • Pequinês
  • Cão de Crista Chinês
  • Shiba Inu
  • Pug

Raças de Porte Médio pequeno que latem pouco:

Vira-lata é indicado em apartamento?

um cão vira lata no apartamento

Sim, os vira-latas de porte pequeno e médio podem ser excelentes opções para apartamento. Isso porque são extremamente carinhosos, exigem apenas de 2 a 3 passeios diários – além de não custarem praticamente nada.

Ainda você faz uma boa ação ao tirar esses cachorros não valorizados no mercado das ruas, dando um lar  e muito carinho a eles!

E mais! Embora brincalhões, eles apresentam a excelente característica de se adaptar facilmente a ambientes e aprender rápido as regras da casa, pois a mistura de raças, geralmente, fazem deles cachorros bastante inteligentes.

Aposte em um vira-lata e não se arrependerá!

Dicas de cachorros para apartamento

Dicas para criar cachorros para apartamento são sempre bem-vindas, não é? Pois, então, veja excelente dicas para criar melhor o seu animalzinho no seu apartamento, de forma confortável para todos:

  • Atenção às plantas: não é preciso abrir mão da decoração de seu apartamento, se você aprecia arrumá-lo com plantas. Porém, elas terão de ser mudadas para lugares fora do alcance do cão – isso porque eles têm mania de comer plantas, estragando os ornamentos e ainda fazendo mal para a saúde deles.
  • Redes de proteção: seu apartamento tem varanda e janelas grandes? É fundamental instalar redes de proteção em janelas e varandas, antes de receber o novo morador. Isso porque a curiosidade deles podem fazer com que eles debrucem nas janelas, sofrendo quedas.
  • Vizinhos: essa é para quem optou por raças que latem muito. O vizinho vem se incomodando com os latidos? O mais indicado é conversar amigavelmente com os moradores e contratar um treinador, que limite os latidos do cão. Em poucas semanas de adestramento, os latidos acontecerão com menos frequência e sons mais baixos – sem criar conflitos com a vizinhança.

Mais dicas para cachorros para apartamento

  • Local para as necessidades: como já mencionado, não coloque o local do xixi e do coco perto da alimentação e da água. Isso pode contaminar os alimentos e os líquidos, fazendo mal ao seu cachorro. Além disso, as raças mais teimosas podem simplesmente parar de comer se o local das necessidades estiver perto da comida ou, então, fazer coco e xixi em outros lugares do apartamento. Ah! E ao passear na rua com o seu cão, não esqueça de recolher as suas fezes do chão.
  • Prática de exercícios: apartamentos são ambientes mais compactos que casas e não costumam ter quintais, o que diminui a quantidade de exercícios que o cão realiza. Os passeios são fundamentais para manter o peso do cachorro em dia e estimular o seu sistema cardiovascular. Realize passeios até 3 vezes ao dia e capriche aos finais de semana, levando-o à parques e jardins para brincar e se exercitar.
  • Brinquedos: como já mencionado, é importante que cachorros criados em apartamentos possuam bastante brinquedos a sua disposição. Isso o mantêm entretidos e evitam que eles brinquem com outros objetos da casa.